Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Bloqueio de Escritor

Imagem
Um maravilhoso texto para nos deliciarmos...Gostei muiito, por isso, compartilho com tod@s @s que me visitam! Uma pena não saber o autor/a... — Por que você não escreve uma história de amor?
Os dedos calejados tentavam em vão eliminar os nódulos de tensão nas costas dela. Ela estava inclinada, com os braços e tronco largados sobre o próprio colo e a cabeça pendendo ao chão em sinal de rendição. Ele, ajoelhado ao seu lado sobre o assoalho duro de madeira, alternava entre massagens e cafunés. E esperava com paciência. As “crises de escritora”, como ambos acabaram por apelidar, costumavam demorar entre alguns minutos e diversos dias para acabar.
— Eu não consigo escrever histórias de amor! — ela reclamou, muito mais histérica do que pretendia.
Ele ergueu algumas mechas de cabelo que lhe caíam sobre o rosto e acariciou-lhe de leve a bochecha. Depois ergueu seu queixo com cuidado e beijou-lhe lentamente os lábios, os olhos, a testa.
— Vai dar tudo certo, meu amor. Você escreve tão bem e é …

Recôndito

Imagem
Um texto cravado e feito de sobras.


Eu nunca, nunca me entreguei a ninguém como a você naquela tarde. A tarde mais encantada da minha vida!
    Quando dei por mim, já era noite e ainda te tinha do meu lado, ali, ofegante. E eu, era agora uma refém não mais apaixonada. Eu agora era sua amada, sua amante: "Te amo."     Aquela cena pareceu-me de cinema, um romance tamanho o encantamento! E pude experimentar sensações variadas e tudo o que de mais mágico aquele momento me proporcionou. Foi como a primeira vez. Foi a primeira vez! Contigo sempre tudo e nada. Tudo de mais humano e desumano. Tudo o que há de mais estranho, água e vinho, os extremos, o paradoxo incógnito que por tempos espreitei: a tua dualidade.      Te pertenci num instante que se eternizou único. Não nos pertenceremos a ninguém mais como neste dia, pois é como uma tatuagem intrínseca, que crava o nosso coração, marca a nossa história, e ainda que se queira apagar é irremovível. Cada pessoa que cruza nosso caminho no…