Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Be happy \o/

Imagem
Segundo o Michaelis: felicidade fe.li.ci.da.de sf (lat felicitate) 1 Estado de quem é feliz. 2 Ventura. 3 Bem-estar, contentamento. 4 Bom resultado, bom êxito. F. eterna: bem-aventurança.
De fato é um estado, é como me caracterizo neste momento. Se é eterno eu já não sei e nem quero fazer esse questionamento. Importa-me o agora, é tudo o que tenho. O passado ficou para traz, o futuro ainda é espectativa, agora é minha hora, é este meu momento. Estou feliz e sou toda regizijo. Isso me basta.

A escrita

Uma menina que escreve frágil, tal qual escrevesse num diário ou uma jovem que escreve porque neste mundo da escrita ela possui a liberdade desejada?
Não me importo muito com fôrmas e estilos...Nem com títulos.Escrevo por necessidade.Mas que fique bem claro, não escrevo como terapia ou válvula de escape, é muito maior, é muito além, é respiração, é vivência, é o ajuntamento de "eus", "nós" e "nóis", que se ajuntam por meio delas, as palavras, as minhas sempre superabundadas e tão minhas, que acabam me desvendando e desnudando.Taí, pessoal e intransferível.E mais, sem preocupações com definições literárias.
A escrita deve ser prazerosa. Esse tópico frasal para mim é mais que suscinto!Mas, no meu caso, são orgasmos múltiplos, são abundância de sentimentos, de letras, de imagens...Tudo o que me torna prolixa na escrita e hiperbolicamente desequilibrada.Meu lado hermético pode imperar, sempre.Eu deixo.
Pois sei que este mundo é meu, mergulho aqui e as coisas …

Carpe Diem

Imagem
Encantam-me os grandes sentimentos,
a vida, o sorrir, o doer...
Encantam-me os maremotos,
as ondas inconstantes do mar!
Encanta-me a lua cheia,
encantam -me as madrugadas,
o vento, o relento...
O descobrimento!
Encantam-me as discrepâncias,
a variedade de sabores,
a multiplicidade de cores
E os diferentes odores
Que absorvo enquanto estou viva.
Encanta-me a liberdade de libertar-se,
Encanta-me o demasiado,
as gentes, as mentes.
Encanta-me um dia quente,
o fim de tarde no Farol,
a bebida vermelha que nos deixa quente
A flor de um hibisco qualquer...
Entre todos os encantos que a vida nos oferece,
outros tantos aparecem
E encanta-me este acaso,
este mundo de vendavais e possibilidades.
É preciso sentir a vida, seu pulsar
Muito além do mero existir.


Ana Paula Duarte.


É preciso entender o Carpe Diem muito além de sua tradução do latim para o português.É preciso incorporá-lo ao seu dia.