Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

L'âge d'or¹

Imagem
“E a colombina só quer um amor
Que não encontra num braço qualquer
Essa menina não quer mais saber de mal-me-quer.”[2]

Não sei se sou a Colombina, o Pierrot ou o Arlequim. Acho que por tantas vezes me intercalo sendo os três com suas características mais latentes e, ademais, eles aparecem concomitantes, perturbando meus comportamentos e minhas aspirações amorosas.
Sei que de fato minha vida se assemelha a Commedia dell'arte com toda pompa e circunstância necessária. Como o triângulo, também me faço serviçal do amor, seja ele em ‘pragma’, ‘ágape’ ou ‘philia’, por vezes é também o ‘eros’ e ainda como eles por vezes pareço  falar  latim, ou buscar o inatingível e o inalcançável.
Sou uma pierrete nata: por vezes me lamento, sofro e amo uma Colombina que mais parece o Pierrot, motivo de piada. Mas não sou de todo boba, tenho meus momentos safos, e,assim, emerge o Arlequim de mim, malandro, divertido, desaforado e acrobático (ahaha). Contudo, não perco de vista a feminilidade da Colombina,…