Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009
Imagem
É incrível o efeito que faz uma simples migalha de atenção do ser amado.Tudo se dissipa:passado, dores, razão!É como se tudo fosse mais fácil e o amor encontra seu ápice.As lembranças vêm e atordoam um juízo não muito seguro e já amalucado, e a vontade que dá é largar tudo e amar enfim.Só que as coisas na vida nunca são simples, ou até são mas nós complicamos.A verdade é que o medo do sofrimento nos baratina e congela.A primeira vontade que vem a mente é responder desesperamente um EU TE AMO APESAR DE TUDO, mas aí, paraliza-se o amor e o ego retoma suas forças, gritante por razão.
Sei que já está tudo mais que finito, mas meu coração não enxerga assim, apesar de saber que não perdi lá grande coisa (aí fala o ego maldoso), pouco me importa a grande coisa, já que o quero não posso ter...Ou será que posso?O que me impede?É medo de sofrer ou medo da opinião alheia?Não posso esquecer o quanto sofri por ter me entregado de forma tão explícita e vêemente e depois descobrir mentiras, traíções…