Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Um breve amor de metrô.

Imagem
Eram seis da tarde e eu como sempre estava livre e atrasada ao mesmo tempo. A vida em Sampa é tranqueira, correria todo o dia, agonia que me fez esquecer a calmaria do interior da Bahia, de onde saí em busca dos meus sonhos. Peguei a bolsa, o jaleco e saí correndo como sempre fazia. No caminho nenhuma grande novidade, eu continuei a andar bem, bem rápido. Enfim cheguei ao metrô, seria uma longa viagem em meio ao aperto, e eu pela milésima vez olharia para o relógio, leria alguma coisa e receberia umas trinta ligações e broncas. E eis que de repente, uma presença fez mudar-se a minha rotina. Olhei imediatamente, senti um odor convidativo, masculino, sexy. Veio em minha direção e sentou-se. Nos entreolhamos. Ele fez que ia pronunciar qualquer coisa, mas calou-se. O fez novamente, e mais uma vez calou-se.Não suportando aquela agonia, fui direta e louca: - Está engasgado? Ele me olhou desesperado. - Não- Sorriu e eu morri. -Ah, desculpe.Nossa...que louca eu né?Rs...Nunca parei pra conversar…

Diário de bordo

Imagem
Tenho viajado bastante pela região conhecida como o Semi-árido da Bahia, destacado e conhecido por ser uma região seca, pobre e de meio mundo de analfabetos...Eu me refiro assim, porque um dia pensei de tal forma, na minha ignorância, acreditava que tudo o que os moradores dessa região faziam era plantar, esperar pela chuva, chorar e migrar para a cidade grande(quem tinha coragem para isso).
Hoje já não posso pensar assim, pois conheci a verdadeira face do povo sertanejo hospitaleiro, trabalhador e festeiro, que têm lutado por novas formas e técnicas de convivência com o Semi-árido, sua valorização e acabar com o mito do combate a seca. A seca jamais acabará, isso é um fator natural!Sem contar que descobri que o Semi-árido brasileiro está entre os outros no mundo como o que possui maior incidência de chuvas.Outra coisa que me chama atenção é para as tantas coisas que para nós moradores da cidade grande são simples e banais, como por exemplo, uma simples chuva( o ouro do Sertão), um tra…