Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2009

Meia-noite

Imagem
Apagar a luz,

É hora de dormir e esquecer quem fui.

Embrulhar-me em meio ás cobertas,

Ser levada pela paz do sono...

Desligar os sentidos e sumir

Na dimensão do meu subconsciente.

Esquecer quem fui, esquecer quem fui, esquecer quem fui!

-

Raiou um novo dia,

Dia que me trará alegria!

Novas oportunidades, novos rumos, novas metades

Novo tudo, renova-se a liberdade!

Enamorar o futuro,

Não possuir saudade do passado

Ajustar meu tempo, precioso tempo...

Deve ser gasto com quem merece!

-

Mas, ah, já é meia-noite!

Apagar a luz.

Nascerá um novo dia,

Esquecer quem fui.

Ana Paula Duarte.
Imagem
Obrigada meu Deus pelas coisas lindas que fizeste na terra, até mais lindas que a própria criação do homem. Obrigada por ter me dado os cinco sentidos, para com eles poder apreciar todas as belezas, sabores e sentimentos, trocar energia com a natureza, tão poderosa e autônoma a ponto de nos deixar atônitos e sem palavras para descrever a profundidade de sua perfeição. Uma imagem vale mais que mil palavras, e a esse contexto se aplicam as belezas naturais, as brasileiras então, são indescritíveis, inefáveis e exercem sobre mim um fascínio tremendo e me fazem desejar andarilhar por aí sem destino certo, apenas vivendo de interação cultural e do desfrute das belezas da minha terra. Quantas coisas tão lindas, sou ufanista nesse quesito e o seria ainda mais se pudesse. É difícil tentar retratar com palavras sobre os vastos sentimentos e tudo que adquiri desde que passei a olhar mais nitidamente para a natureza, com um novo olhar, não aquele que imagina o que pode retirar dela, mas aquele …