Perguntamentos...


Eu tenho sonhos grandiosos,
Porém, são apenas grandiosos e eu nada sou.
Por que nada é fácil?
Por que sempre sofro?
Por que comigo a vida joga duro?
Trabalho, estudo, vontades, família...
Tudo!
Será que vou conseguir vencer?
Será que ainda vou ser alguma coisa que preste?
Como sempre...Pergunto-me!
Enjoei de tanto perguntar,
Pois as respostas nunca vêm...
Não quero falar de meus poemas,
Já não quero falar de vida, de esperança, nem de paixão.
E me cansei de promessas que nunca vêm...
Aqui só o negativismo impera,
Viveremos cada sentimento por vez.
Mas gostaria de saber, enfim,
Estou pagando pelos erros de quem afinal?

Ana Paula Duarte.

Comentários

Daniel Savio disse…
Pagamos pelo erro dos nossos desejos, bem como o acerto por eles...

Estou notando a senhorita meio triste, estou certo?

Fique com Deus, menina.
Um abraço.
Wagner Lobo disse…
Li e acreditei que isso foi apenas um momento ínfimo da sua vida em que a conciência bateu mais forte. Têns ido bem pela linha da vida que tu têns traçado, ou que, sei lá, foi destinado a você, ou talvez a que você decidiu percorrer. Enfim, viva e não se arrependa, não questione erros, deixe-os passar e aprenda pra não cair novamente.
Um super beijo pra tu!
Oi Ana! Quem está falando aqui é o Danillo Araújo do Blog Viva Com Esperança(www.danillojose.blogspot.com)! Quero te apresentar um dos mais novos blogs que estou fazendo parte!

é o Blog do Grupo Tabernáculo! Gostaria que você desse uma forcinha lá... acompanhando e comentando nas postagens!

Fui Conviao para fazer parte desse grupo e criei esse blog... para todos os meus amigos blogueiros conhecer e nos acompanhar através das postagens...

Um abraço! e Deus te abençoe.
Olá amiga!

Qto ao selinho que vc me falou,é todos os que tiverem nas postagens anteriores,pode pega-los.

beijooo.
Pedro disse…
Nossa vida é feita de sonhos. E de tarefas, responsabilidades. É duro, mas no fim do dia é compensador.
R@mon_Vitor disse…
:)
Que triste.
Mas tá massa.
=]
uahauahua
Ow... Pessimismo demais.
a vidapode ser bela as vezes, aproveite as pequenas coisas.
Bjs
R.Vinicius disse…
Ana talvez estejas fazendo as perguntas erradas, e no tempo errado. Reflita e verás que maioria dos nossos sofrementos vêm da falta de compreensão acerca deles.

Abraço,

R.Vinicius
loira mexicana disse…
Presente lá no blog!
Daniel Savio disse…
Que me dera que tivesse uma morena lida que me contasse como foi o carnaval dela...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de curiosidade.

E trate de deixar essa preguiça de lado e trate de voltar para gente, está bem?

Fique com Deus, senhorita Ana Paula.
Um abraço.
Tem selinho lá pra vc.

beijooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

O olhar de Margot sobre a vida adulta

Escreva, Ana!