Desabafo



Eu gostaria muito de externar aqui minha revolta.Até mais que uma revolta, um grito, um desabafo. Porque que a minha felicidade dura pouquíssimo tempo? Isso é demasiadamente injusto! Começo a estar enfeitiçada, Paro de andar nas ruas para começar a bailar, Deixo de ouvir música avulsa para selecionar e apreciar um som que seja próprio para o momento da minha alma, começo a sorrir mais que o costume e ter a vontade imensa de acordar todos os dias e contar as horas para encontrar uma pessoa, sinto a agonia que é querer bem, a vontade de acariciar, de ter por perto, de cuidar... E de repente, qualquer coisa besta acontece e volto a estaca zero. Volto a vida besta, ao tédio, e pior, volto a sofrer!A vida gosta de me dar cascudos...Mas porque será?Afinal, sou apenas uma menina em um corpo de mulher tentando acertar ao máximo, querendo apenas seguir sua consciência, querendo viver doidamente tudo! Querendo curtir cada bom momento e abstrair os ruins...Mas os ruins sempre voltam e isso me caleja! Vai chegar o dia em que estarei anestesiada e já não sentirei nem o afago nem o tapa...Pois a frigidez em breve me tomará...Nem a escrita, companheira de longas datas, me tem sido prazerosa, tenho andado bêbada em mim! Será que minha imaturidade é tanta? Será, será possível que não posso ser feliz? Não acredito nisso...Seguirei tentando, afinal, é tudo o que me resta, ainda há um certo tempo de estrada. Já não acredito em azar, mas, que cada um de nós segue seu caminho e faz sua felicidade...Estou buscando a minha, mas, ela nunca chega. Estava tão feliz!Tudo corria bem...Veio qualquer coisa e tudo mudou. "Que seja eterno enquanto dure" Cada momento.


Ana Paula Duarte

Comentários

Meninaaaa!
Que ataque foi esse?
Que aconteceu de tão ruim
...Preocupada com vc...

Olha fia: nessas oras, o melhor nem é arregaçar as mangas, é arregaçar as calças ou a saia...E ORAR!
Quando estamos irritados, a oração é o desabafo mais eficaz, simplesmente porque o fazemos para a pessoa certa: Deus.

bjusssssss
Gabyh Banki disse…
ai, faz tempo q não apareço por aqui. mas é sempre bom ler seus textos. realmente adorei esse..sei lá, tem uma realidade triste com a qual me identifico mt.
achar a felicidade as vezes parece mesmo impossivel.
beijinhos ;**
cleyton disse…
ta bem expressado como sempre aninha!! tenha força aê!! aquilo que não te mata te fortalece!!!!!!!
Daniel Savio disse…
Deixa de besteira menina, até onde eu me lembro, você gosta de uma luta...

E sinceramente, o que damos duro para obter tem um gosto melhor.

Além disso, passado para desejar uma feliz páscoa.

Fique com Deus, menina Ana Paula.
Um abraço.
Seus dias de glória virão,não a mal que dure a vida inteira,tenha mais esperança.

Fim de semana iluminado pra vc.

beijooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

O olhar de Margot sobre a vida adulta

O Profeta