Sobre anjos



Eu não sei precisamente dizer o dia em que parei de sorrir. Mas lembro-me bem dos longos dias em que senti falta de cada sorriso em minha boca, eles me eram vitais, característicos, enfim, eram meu sol. Quando ele se foi, tanta coisa foi junto, parte de mim que jamais voltará...Porém o sorriso voltou, largo, terno, iluminado feito o sol, meu, meu e meu sorriso! Independente do que aconteça, ele não irá nunca mais...O Criador o trouxe de volta, no momento exato em que cerrei meus joelhos e inclinei meus olhos para Aquele a quem eu devo tudo, a vida, o ar, o dom de amar...E é unicamente D'ele que preciso para manter meu sorriso.

As muitas coisas que perdi, uma a uma serão restituídas, como foi feito a Jó, criatura do Velho Testamento que muito sofreu, incomparávelmente mais do que eu, mas jamais deixou de atentar para Deus.

A verdade é que Deus nunca desampara a gente, por mais que pareça que estamos sós, que é o fim, nossa visão é tão limitada e tão pequena, que não conseguimos enxergar além e ficamos ali, estagnados ou mesmo acomodados no que achamos ser o ideal pra nós, nós idealizamos coisas e pessoas e depois, sofremos com isso.Mas Deus tudo vê e em sua infinita grandeza e sua bendita graça não nos deixa sentir dores às quais não podemos suportar. Ele sempre sabe até onde podemos ir e quando o fardo está pesado demais e a dor já não deixa qualquer resquício de alegria no rosto, ele sempre tem algo pra reverter a situação.
Deus nos manda anjos. Podem ser anjos de verdade, sem dúvidas, mas prefiro aqui me referir aos que posso ver, aos anjos de carne e osso. Deus os manda para nossas vidas em momentos cruciais e eles nos ajudam a carregar nosso fardo, ou sua presença simplesmente elimina toda dor. Esses anjos de carne e osso podem ser chamados de amigos, transeuntes que te dão apenas uma única palavra no meio da rua, alguém que senta-se a seu lado num terminal de ônibus e é sabiamente usado por Deus e diz as palavras exatas, pode também ser uma pessoa, aquela a qual você não deu tanta importância a primeira vista, mas que se inquietou com tua falta de sorriso e magicamente, conseguiu não apenas arrancar teu sorriso, mas te fez sentir gente novamente.
Os anjos de carne e osso podem não permanecer em nossas vidas, eles podem ser passageiros...Mas também há os que permanecem e se tornam parte integrante de nossas vidas.

A esses anjos eu chamo de mães, que sempre têm as palavras certas a nos dizer. Chamo de amigos, aqueles verdadeiros, loucos e insanos que nos dão alegria e trazem comunhão. Chamo de irmãos, nosso sangue, que aos ver tristes se entristecem junto e se enraivam também.Chamo de amores, aqueles que fazendo mal ou bem, sempre acrescentam algo, de bom ou de ruim, adoçam nossa vida, nos ensinam, e podem partir ou não.E por último, os anjos de todos os dias, seres que nem conhecemos, mas que são usados por Deus para de alguma forma nos ajudar...

No meu caso, o sorriso voltou e está mais radiante. E a vontade de escrever, de crescer e de VIVER está renovada.Bons ventos, bons ventos.

E viva os anjos de carne e osso chamados pessoas, pessoas que não se deixam levar por maus sentimentos, que bom que elas existem!


Ana Paula Duarte.

Comentários

Ana Paula Duarte disse…
Essa é uma pequena homenagem aos anjos sem asas da minha vida.Todas as vezes que precisei, preciso e precisarei, são eles que estão ao meu lado, sempre!

Felizes dos que tem seus anjos sem asas!
Gutox disse…
Como humanos e falhos as vezes é dificil vermos a mão de Deus nas coisas por causa das nossa limitações que não são poucas,porém Ele sempre estará em todos os nossos momentos,como coadjuvante e como o principal na historia.
A verdade sobre os anjos de carne e osso é que são pessoas (como dito no texto) que sempre acrescentam algo em nossas vidas e isso nos ajuda e nos motiva a vivenciar a cada dia com mais vontade de viver e vencer cada obstaculo.
Belo texto (como sempre!)tá de parabéns!Sempre melhorando e se superando!
Um caro cidadão disse…
E tu ainda queria ajuda ¬¬'




Não sei pra que.
Vinicius disse…
Ana, eu tenho uma idéia teológica sobre Deus, mas não cabe aqui falar a respeito; acredito que muito mais importante, não é falar sobre divindade, mas sobre as pessoas comuns que nos permeiam a vida. E elas estão em todos os lugares. Que sentir-se triste, ou só, desamparada, seja um estado de consciência, que passa e torna-se algo maior - o conhecimento.

Abraço.
Aline disse…
E quem disse que vc também não é anjo? Vc é o anjo que sempre encantou as nossas vidas com a luz do seu sorriso amigo e alegre e só quem tem amigos como vc sabe a luz que é sua presença.
Vc é anjo de carne e osso também e Deus te abenoará com toda sorte de bençãos.
Uma lírica que brota do coração, sem apelação...apenas amor e por isso seus textos dão tão certo.
Parabéns.
Meu amigo internauta!

Você que é meu amigo,
você que sempre me socorre quando preciso,
você que fala de assuntos interessantes
às vezes coisas banais que para mim são tão importantes!
Você, que,
às vezes,
tão longe,
mas que sinto tão perto em meu coração...

Você, meu amigo,
que não vejo os olhos,
mas sinto a alma,
está sempre próximo,
bem mais perto do que a própria tela,
está mais próximo do que imagina...

Você meu amigo,
que invadiu minha vida,
fez-me gostar-te muito,
que não veio apenas através de um cabo telefônico,
mas veio do vento,
vento que nos leva para o encontro das nossas alegrias
para a proximidade dos nossos sonhos.

Você é especial,
e tudo o que se refere à você.

São tão importantes para mim:
as suas alegrias, as suas mágoas, as suas histórias e suas aventuras,
quero-te sempre próximo de mim!

Você meu amigo,
que é muito mais que um encontro virtual,
é a realidade dos meus dias!

Por você eu navego,
por você eu crio,
por você eu tenho suportado tantas coisas,
com tanta força...

A você meu amigo,
gostaria de fazer alguns pedidos:
Que você sempre permaneça,
em minha vida,
em meu coração.

Que seja meu eterno amigo;
além da tela,
além do tempo,
aqui dentro do meu coração...

(autor desconhecido).

Uma boa semana.

beijooo.
Anônimo disse…
Adorei o texto, Ana... Assim como que de costume! Mantenha, a diante, esse seu sorriso, pois dele brotam-se outros sorrisos a saber o meu e de suas amigas de verdade! Te amo.
Dayane Carneiro
Adri Ferreira disse…
O segredo da felicidade está em acreditar que nada na vida é por acaso.. tudo tem razão de ser.. portanto momentos de tristeza devem ser rápidos... até lembrarmos que DEUS está sempre conosco.. olhando, amparando e enviando amigos (anjos) para nos ajudar a trilhar esse caminho de evolução constante!!! FÉ EM DEUS E SORRISO NO ROSTO AMIGA! Lindo teu texto!!! PARABÉNS! bjos
C@urosa disse…
Olá Ana Paula Duarte, que belo texto, como dizia o Cazuza, "Anjos bons, anjos maus, anjos existem". Parabéns pelo belo espaço.

forte abraço

C@urosa
Daniel Savio disse…
Sempre há anjos que cuidam de nós, mas as vezes sempre viveram ao nosso lado...

Fique com Deus, menina Ana Paula Duarte.
Um abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

O olhar de Margot sobre a vida adulta

Escreva, Ana!