Amenidades

Hoje o sol saiu
Muito embora não estivesse a pino
Penetrou na epiderme com seus raios ultra
Sem queimaduras ou riscos maiores,
Aquecendo-me em banho - maria.

A chuva de dias atrás
Havia limpado toda a pele e alma
Ávida, a vida me tocava
Deixando-me não só molhada
Como resfriada
Respingos de solidão.

Agora, (amor)nada
Senti as bochechas rosadas
E a brisa menos arrepiante
É o mesmo prazer de antes.
Com menos riscos a minha saúde.

Quero passear na praia!

















Google imagens          




Ana Paula Duarte.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

O olhar de Margot sobre a vida adulta

Escreva, Ana!