Borboleta


Mudei?
Não mudei.Apenas evoluí...
O ser humano necessita dessa evolução,
Inclusive pra suportar a si mesmo.
Como a borboleta sofre a evolução
E de uma simples lagarta resurge bela e livre.
Tal qual me vejo-borboleta...
E busco a mudança total,
A quebra de paradigmas, o distanciamento de dogmas inúteis...
A queda das minhas máscaras...coisa cotidiana ultimamente,
Mas que nos torna frígidos zumbis.
Borboleta...meu bichinho predileto...símbolo da metamorphose.
Evolução!
De pensamentos, de leituras,
de noções, de sentimentos, de maturidade...
Alguns pequenos detalhes,
Tornam-me profunda mutável
Não na busca de perfeição, apenas é busca por qualidade de vida...
Bons fluídos pro corpo e pra mente,
Até que se chegue á alma
E eu seja feliz com bem pouco.


Ana Paula Duarte(ainda vou revisá-lo direitinho...)

Comentários

gutox disse…
Preciso dizer alguma coisa????
Simplesmente lindo!^^

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

Escreva, Ana!

O olhar de Margot sobre a vida adulta