Bom conselho gratuito

Os simples mortais que não compreendem,
e se prendem a vida como se a conhecessem de fato e pudessem controlar tudo,
a estes coitados,
me polpo de tentar explicar as coisas simples...
As complexas lhe são mais familiares...
A praticidade da vida é inerente ao ser que a governa,
Pro mal ou pro bem, temos apenas que escolher...
Quem disse que viver não é fácil?
Viver é o que há!
E viver é simples demais.
A vida é como o amor, inexplicável,
Não se classifica; apenas se sente.
Então,
Seres viventes do planeta terra, onde também me incluo...
Ide a vida, sem medo... A desbravar...
Antes que chegue o tempo da escassez de ar!


Ana Paula Duarte.

Comentários

marcia disse…
Gosteiii!!
gutox disse…
Num tenho nem oq falar viu
a cada texto q leio me surpreendo ainda mais com teu talento ^^
Quezia disse…
amiga..amei d+
k.simples e profundo.assim como a vida..
parabéns.

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

Escreva, Ana!

O olhar de Margot sobre a vida adulta