PÉ NA ESTRADA DA VIDA...


   É estranho, mas retrocedo. Passos tímidos, olhar fixo, célebre em um alvo. E sempre caminhávamos lado a lado, nos separávamos nalgumas curvas, mas sempre voltávamos a caminhar juntos.
   E assim foi durante grande parte da caminhada humana rumo à felicidade. E numa dessas curvas, quase não sobrevivi para voltar e te reencontrar noutra pista. Pois a dor e o medo me tomavam todo o corpo e alma. Não surpreendente, como de costume, eis que me reergui e voltei a ti.Tua face tão familiar, clara, acalentadora, só me dava a certeza de que a cada curva, mais te amava, e quando voltava, mais festa fazíamos, mais amigos éramos.
   Éramos dois, sem precisar deixar de ser...Éramos, porque já não somos, porque a vida, tratou de mais uma vez, nos colocar em curvas, das quais, não saíremos ilesos, das quais, não existem retornos ou saídas. Só resta uma longa e desconhecida estrada a ser percorrida, já não seguiremos juntos.  A vida tem dessas coisas, e se aprendi contigo neste imenso caminho, é que devemos reclamar pouco e aproveitar muito, que devemos ser fortes e reter o que foi bom. Os nossos caminhos, por tanto tempo entrelaçados, agora seguirão para lados extremamente opostos e já não mais esquinas, já não mais mãos dadas. Resta silêncio e solitude. Sobra afeto, respeito e saudade.
   Já que tem que ir, que sejas feliz e que esse caminho longo e denso logo te apresente flores. Viver é estar preparado para grandes mudanças e transformações, ou ainda catástrofes e dissabores, dos quais sabemos que nenhum foi por nós protagonizado, é apenas pilhéria do destino, que teima em nos distanciar, uma distância física, pois as almas trataram de se entretecer.


Ana Paula Duarte, saudosa. Essa é pra você SDC*

Comentários

Gutox disse…
PRECISO DIZER ALGUMA COISA?
MUITO BOM !
Daniel Savio disse…
A vida nos faz evoluir, ou acabamos sucumbindo...

Hua, kkk, ha, ha, meio triste o comentário, por isso desculpa.

Fique com Deus, menina Ana Paula Duarte.
Um abraço.
Chica disse…
Muito lindo, gostei!beijos,ótimo dia,tudo de bom,chica

Postagens mais visitadas deste blog

Término Pós- moderno de um idílio amoroso

O olhar de Margot sobre a vida adulta

O Profeta